Londres, 19 abr (EFE).- A companhia aérea britânica British Airways apontou hoje que as atuais restrições impostas no espaço aéreo europeu, devido à nuvem de cinzas procedente de um vulcão na Islândia, são desnecessárias, com base nos voos de teste realizados por esta e outras empresas.

Os resultados obtidos até o momento pelo voo de teste de um avião da British Airways, assim como os efetuados por outras companhias aéreas europeias, "fornecem novas provas de que as atuais restrições no espaço aéreo são desnecessárias", segundo a empresa britânica.

No domingo, o executivo-chefe da companhia, Willie Walsh, voou a bordo de um Boeing 747, que decolou do aeroporto de Heathrow, em Londres, sobrevoou o Atlântico e pouso com segurança em Cardiff, no País de Gales. EFE prc/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.