Londres, 26 set (EFE) - Os cidadãos confiam mais no primeiro-ministro do Reino Unido, o trabalhista Gordon Brown, do que no líder do Partido Conservador, David Cameron, para dirigir a economia na atual crise, indica uma pesquisa divulgada hoje. A pesquisa, elaborada pela ComRes para a BBC2, afirma que 36% dos consultados preferem a equipe formada por Brown e seu ministro da Economia, Alistair Darling, do que Cameron e seu porta-voz nessa matéria, George Osborne. Cerca de 30% optaram pela dupla Cameron-Osborne para tomar as rédeas, enquanto só 5% apostaram no líder liberal-democrata, Nick Clegg, e em seu porta-voz de Economia, Vicent Cable. A pesquisa, realizada entre 24 e 25 de setembro com 1.012 adultos, é a segunda que aponta para um crescimento de Brown entre os eleitores desde que o primeiro-ministro pronunciou, esta semana, seu discurso no congresso trabalhista em Manchester.

Nesta quinta-feira, uma pesquisa do YouGov elaborada após o discurso de Brown revelava que os trabalhistas subiram nas intenções, apesar de, com 31% do apoio dos indagados, se manterem atrás dos conservadores com 41%. EFE jm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.