Britânicos não confiam na política de Brown contra crise

Londres, 27 jan (EFE).- A maioria dos britânicos acredita que o primeiro-ministro Gordon Brown não será capaz de tirar o país da profunda crise em que se encontra, segundo uma pesquisa publicado hoje pelo diário local The Guardian.

EFE |

Dos procurados pela pesquisa, 64% consideram inúteis os esforços do líder trabalhista contra a crise e que, com sua política, ele só a está agravando, frente a 31% que confiam no premier.

As dúvidas sobre a capacidade de Brown para superar a crise se estendem também aos que votaram em trabalhistas nas últimas eleições: 48% dessas pessoas acreditam que as medidas de resgate adotadas pelo Governo não vão funcionar.

A oposição conservadora de David Cameron também ganhou pontos.

Dos indagados, 44% expressam apoio a ele , frente a 32% que favorecem os trabalhistas e 16% que preferem os liberal-democratas.

Um fator que parece ter contribuído de maneira importante na perda de confiança dos cidadãos na gestão da economia por parte do primeiro-ministro é a oposição majoritária aos planos de resgate bancário.

Só 43% dos que participaram da enquete apóiam a decisão do Governo de adquirir grandes participações em alguns dos principais bancos do país, frente a 40% que creem que a nacionalização é uma boa ideia.

Os eleitores apóiam, no entanto, por arrasadora maioria de 85%, o plano de criação de emprego a partir de obras públicas e 63% também aprovam a decisão do Governo de reduzir impostos. EFE jr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG