Britânicos investigam soldados que teriam abusado de criança no Iraque

Londres, 12 jul (EFE).- A Polícia militar do Reino Unido investiga uma denúncia contra soldados britânicos que teriam abusado sexualmente de uma criança de 14 anos no Iraque em 2003, confirmou hoje o Ministério da Defesa britânico.

EFE |

O ministério informou sobre a investigação após saber que a edição de amanhã do jornal "The Independent" dedica sua primeira página ao caso.

Segundo o jornal, o jovem, que agora tem 19 anos, foi abusado em maio de 2003 por soldados britânicos no Campo Break Basket, próximo a Basra, no sul do Iraque, e agora se dispõe a apresentar um processo civil no Reino Unido.

"Todas as acusações de abusos são investigadas e, se forem provadas, os responsáveis serão castigados e as vítimas compensadas", assegurou um porta-voz do Ministério.

O caso veio à tona dois dias depois de o Governo britânico aceitar indenizar em 2,83 milhões de libras (3,5 milhões de euros) um grupo de iraquianos torturados e maltratados por militares britânicos em Basra em 2003. EFE jm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG