Estudantes aproveitaram chuvas torrenciais recentes no País de Gales para deslizar nas águas da mais alta represa da Grã-Bretanha. A barragem de Llyn Brianne tem mais de 90 metros de altura e foi construída na década de 60.

A BBC obteve imagens inéditas da aventura em que as pequenas embarcações atingiram quase 65 km/h.

O local é fechado ao público, mas os esportistas radicais teriam conseguido burlar a segurança.

Um porta-voz da empresa que administra a represa, a Welsh Water, afirmou que são estritamente proibidas "atividades aquáticas no reservatório e serão tomadas as devidas providências contra qualquer um que for flagrado desrespeitando essas restrições".

O porta-voz acrescentou ainda que a prática de esportes aquáticos em represas pode ser extremamente perigosa e que os estudantes que invadiram Llyn Brianne "correram riscos e colocaram outros em risco".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.