Londres, 19 jul (EFE).- Um dos cinco britânicos seqüestrados há mais de um ano no Iraque se suicidou, informou hoje a imprensa do Reino Unido, que não obteve confirmações das autoridades.

Segundo um vídeo publicado pela edição eletrônica do "Sunday Times", enviado na semana passada para seu escritório de Bagdá, o refém identificado como "Jason" morreu em 25 de maio, quatro dias antes de completar um ano em cativeiro.

Os seqüestradores, do autodenominado grupo Resistência Islâmica Xiita no Iraque, disseram que "Jason" se suicidou.

O Governo britânico não conseguiu comprovar a veracidade do suposto suicídio nem a autenticidade do vídeo.

Os cinco britânicos - um especialista em informática e seus seguranças - foram feitos reféns em 29 de maio do ano passado, no Ministério das Finanças iraquiano, que fica no centro de Bagdá. EFE int/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.