Britânico encontra moedas de ouro da Idade do Ferro

Um britânico com um detector de metais encontrou uma das maiores quantidades de moedas datadas da Idade do Ferro em Suffolk. As 824 moedas de ouro foram encontradas em outubro em um jarro de cerâmica quebrado em um campo perto do mercado local, mas foram reveladas apenas agora.

BBC Brasil |

Jude Plouviez, do Conselho de Serviços Arqueológicos do Condado de Suffolk, afirmou que as moedas datam entre 40 a.C. e 15 d.C. e, na época em que circulava, o montante deveria valer entre 500 mil e 1 milhão de libras, mas devem valer bem menos atualmente.

Segundo ela, esta é a maior descoberta de moedas da Idade do Ferro na Grã-Bretanha desde 1849, quando um agricultor descobriu entre 800 e 2 mil moedas em um campo perto de Milton Keynes.

"É uma boa descoberta, nos dá muitas informações novas sobre o final da Idade do Ferro", afirmou Plouviez.

"A descoberta é importante, pois destaca a importância política, econômica e religiosa de uma região."
"Certamente sugere que havia um povoamento importante nas proximidades. Até onde compreendo, (a região) era ocupada por tribos ricas", disse.

Segredo
Plouviez disse que foram feitas escavações secretas em Suffolk depois que o homem que descobriu as moedas relatou sua descoberta ao conselho em outubro.

As moedas, cada uma pesando cerca de cinco gramas, serão avaliadas.

"Não sabemos quanto elas valem, mas será menos do que valiam naquela época", afirmou.

Ela acrescentou que depois da avaliação, as moedas serão oferecidas para museus britânicos.

Plouviez acrescentou que o local exato onde as moedas foram encontradas não será divulgado e outras buscas na área não encontraram outros artefatos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG