Britânico e sul-africano morrem em tiroteio em Cabul

Os dois funcionários da empresa americana de transportes DHL, mortos neste sábado em um tiroteio no centro de Cabul, são um britânico e um sul-africano, informaram fontes da embaixada britânica.

AFP |

"Um cidadão britânico e um sul-africano morreram, hoje, em um tiroteio em Cabul. Ambos eram funcionários da DHL", disse uma responsável da embaixada britânica.

A polícia afegã informou a morte de dois estrangeiros e um afegão no incidente, mas até agora se ignorava a nacionalidade das duas vítimas.

Um carro todo-terreno com os corpos dos dois estrangeiros estava parado em frente à entrada principal dos escritórios da DHL. De acordo com testemunhas, o tiroteio começou quando as vítimas, que seriam funcionários da DHL, saíram do prédio e andavam em direção ao veículo.

Um oficial da polícia, que pediu para não ser identificado, afirmou que as vítimas e um grupo de seguranças particulares afegãos começaram uma "briga".

Várias pessoas que estavam no local do incidente, entre elas os seguranças afegãos, já foram interrogados pela polícia.

Uma jovem ocidental, que pode ser a companheira de uma das vítimas, desmaiou ao saber de sua morte.

Os atentados se multiplicaram nas últimas semanas em Cabul, que até então parecia relativamente livre da onda de violência que assola o resto do país.

br-thm/ap/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG