Britânico é condenado por ferir ladrão que invadiu sua casa

Um empresário britânico foi condenado a 30 meses de prisão por ferir um ladrão que invadiu sua casa no sul da Inglaterra. Em setembro do ano passado, Munir Hussain, de 53 anos, voltou para sua casa na cidade de High Wycombe e encontrou três intrusos.

BBC Brasil |

Hussain e sua família foram amarrados pelos bandidos, mas ele conseguiu escapar e perseguiu um deles, atingindo-o com um taco de críquete.

Pela agressão, ele foi condenado a 30 meses de prisão em um tribunal na cidade inglesa de Reading.

'Vingança'
O advogado de Hussain, Michael Wolkind, disse no julgamento que seu cliente era "a verdadeira vítima" no caso.

Durante o processo, foi revelado que Hussain e seu irmão Tokeer, que moram na mesma rua, perseguiram o ladrão Walid Salem e o atingiram com o taco.

Salem sofreu danos cerebrais irreversíveis após a pancada, que foi tão forte que o taco se partiu em três pedaços.

Ele foi o único dos invasores a ser preso após o assalto e, em setembro, foi condenado a dois anos em liberdade vigiada.

Os irmãos Hussain foram declarados culpados em um julgamento no início desse ano. Tokeer recebeu sentença de 39 meses de prisão.

"Se for permitido que pessoas façam a lei com as próprias mãos e inflijam sua própria punição instantânea e violenta a um criminoso capturado em vez de deixar que a Justiça siga seu curso, nossas leis e nosso sistema criminal, as bases de uma sociedade civilizada, vão desabar", disse o juiz John Reddihough, responsável pelo julgamento.

O caso lembra um incidente ocorrido há alguns anos na cidade de Norfolk, no leste da Inglaterra, quando o fazendeiro Tony Martin foi para a cadeia após atirar contra um ladrão que invadiu sua casa.

Os dois incidentes provocaram forte reação da opinião pública britânica, pois muitos não aceitam que bandidos sejam transformados em vítimas.

O advogado de Hussain disse que ele irá apelar da sentença.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG