Britânico é atingido por gelo caído de avião

Um homem de Bristol, no sudoeste da Inglaterra, disse que foi atingido por um pedaço de gelo caído de um avião. David Gammon, 76, que vive sob a rota por onde passam as aeronaves que chegam ao aeroporto internacional da cidade, disse que estava sentado em seu jardim quando o episódio ocorreu.

BBC Brasil |

"Ouvi um avião voando sobre a minha cabeça e logo em seguida um som de assobio. E de repente um pedaço de gelo do tamanho de uma laranja caiu na minha coxa", contou.

Ele sofreu um ferimento que lhe rendeu um hematoma, mas já está se recuperando.

"Me disseram que, se tivesse caído na minha cabeça, eu não estaria mais com vocês", afirmou.

Em um comunicado, o aeroporto de Bristol não rejeitou a hipótese de que o gelo tenha caído de um avião usando as suas instalações, mas ressalvou que tampouco há provas para comprovar que isto ocorreu.

"Variáveis como a altitude da aeronave, força dos ventos, temperatura do ar e outros fatores indicam que o gelo poderia ter vindo de uma aeronave voando a uma distância de aproximadamente cinco milhas (cerca de oito quilômetros)", disse o comunicado.

"Isto inclui vôos transatlânticos para o aeroporto de Heathrow, a Alemanha e o norte da Europa, e aeronaves com saída ou destino no aeroporto internacional de Bristol."
O aeroporto disse que "proverá todo apoio possível" às autoridades de aviação para investigar o episódio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG