Britânica sequestrada no Afeganistão morre durante resgate

Linda Norgrove havia sido sequestrada em 26 de setembro, juntamente com três afegãos, no leste do país

AFP |

AFP
Linda Norgrove, 36 anos, trabalhava há vários anos para organizações humanitárias (foto de arquivo)
Uma britânica sequestrada no Afeganistão no fim de setembro foi morta na noite de sexta-feira durante uma operação de resgate. O anúncio foi feito pelo Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido.

"É com profundo pesar que me vejo na obrigação de confirmar que Linda Norgrove, a trabalhadora humanitária sequestrada no leste do Afeganistão no dia 26 de setembro, foi morta por seus captores durante uma tentativa de resgate ontem à noite (sexta-feira)", disse o ministro das Relaçôes Exteriors, William Hague em um comunicado de seu gabinete.

De acordo com o ministro, a responsabilidade pelo "final trágico" repousa sobre os sequestradosres. "Tivemos informações do local onde Linda estava presa e decidimos, devido ao risco que corria, que a melhor chance de libertá-la sã e salva era agir com base nesta informação", explicou Hague.

Ajuda humanitária

Linda Norgrove, 36 anos, trabalhava há vários anos para organizações humanitárias no Peru, no Laos e no Afeganistão. Ela foi sequestrada no dia 26 de setembro, juntamente com três acompanhantes afegãos, na região leste do país.

A britânica também trabalhou para as Nações Unidas em Cabul entre 2005 e 2008, antes de voltar em fevereiro de 2010 como funcionária da ONG americana DAI, que terceiriza serviços para a agência de apoio ao desenvolvimento dos Estados Unidos (USAID).

    Leia tudo sobre: afeganistãobritânicasequestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG