Britânica é a 1ª mulher a cruzar a remo o Pacífico

Aventureira iniciou a travessia em 2008, na cidade de San Francisco, costa oeste dos Estados Unidos

EFE |

A britânica Roz Savage se tornou nesta sexta-feira a primeira mulher a cruzar a remo o Oceano Pacífico ao chegar a Papua Nova Guiné, dois anos depois de sair do porto americano de San Francisco.

Savage foi escoltada por cem canoas até sua chegada ao porto da cidade de Madang, onde foi recebida por 5 mil pessoas, segundo a rádio "ABC". "Definitivamente senti o calor dessa gente, me senti como uma estrela do rock", declarou Savage, de 42 anos.

AFP
Roz Savage encerrou nesta sexta-feira sua travessia aportar em Papua Nova Guiné

A britânica começou sua odisseia em maio de 2008, em San Francisco. De lá levou 99 dias para percorrer 4,8 mil quilômetros até o Havaí, a primeira de suas duas escalas.

Em meados do ano passado, investiu outros 104 dias para tentar alcançar Tuvalu, mas teve de mudar de rota devido às marés e a escassez de provisões e acabou parando em Quiribati, outra pequena nação insular do Pacífico Sul.

Mas ainda faltavam mais 48 dias da viagem final. Na última etapa, enfrentou tempestades, desviou de navios e esteve a ponto de naufragar antes de chegar ao litoral de Papua Nova Guiné.

Há dez anos, Savage abandonou uma próspera carreira bancária para se transformar em aventureira e ativista ambiental, e em 2005 cruzou também remando o Atlântico.

    Leia tudo sobre: RemoOceano Pacífico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG