Briga entre gangues rivais mata dois no Timor Leste

Sydney (Austrália), 25 abr (EFE).- Dois membros de gangues de artes marciais rivais morreram no Timor-Leste, país cuja estabilidade volta a ser ameaçada por uma escalada da violência, informaram hoje meios de comunicação australianos.

EFE |

Um dos mortos no confronto, decorrente de uma vingança pelo assassinato na semana passada de um integrante de um dos bandos, foi encontrado decapitado, disse aos veículos o inspetor de Polícia Rogério Guterres.

Guterres acrescentou que a Polícia já identificou cerca de dez suspeitos e está a procura deles por toda a Baucau, distrito em que o crime aconteceu, na região leste da ex-colônia portuguesa.

As brigas entre membros de gangues rivais se tornaram comuns desde a crise de abril de 2006.

Há dois anos, o militar rebelde Alfredo Reinado liderou 599 militares expulsos do Exército por insubordinação em uma revolta que terminou com 37 mortos e mais de 100.000 deslocados. EFE mg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG