México, 14 ago (EFE).- Pelo menos 19 pessoas morreram hoje em um confronto entre detentos de uma prisão em Gómez Palacio, no estado de Durango, no norte do México, que já foi controlado pela Polícia.

Jorge Torres, secretário de Segurança Pública de Durango, disse à imprensa que até o momento há 19 mortes confirmadas.

"Foi uma briga entre grupos rivais", disse Torres, sem dar detalhes de que tipo de armas foi usado nos enfrentamentos.

As câmeras das TVs locais mostraram, no entanto, colunas de fumaça e parentes dos presos lançando pedras contra os policiais enviados à prisão.

Segundo a imprensa, o confrontou durou quatro horas e motivou o envio de policiais municipais, estaduais e federais, além de soldados do Exército.

A guerra entre narcotraficantes custou a vida no país de cerca de 4.200 pessoas, mais de 15 mil nos últimos três anos e meio.

O secretário de Segurança Pública disse que o centro de detenção de Gómez Palacio "é uma bomba-relógio", já que estão mantidos ali presos por crimes comuns e detentos do crime organizado. EFE gt/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.