Brasília sedia encontro entre Mercosul e sudeste asiático amanhã

Brasília, 23 nov (EFE).- Autoridades dos países do Mercosul e da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) se reunirão amanhã em Brasília para um primeiro contato visando o estabelecimento de um fórum de diálogo permanente.

EFE |

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, Celso Amorim, a reunião - a primeira entre o bloco sul-americano, que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, e o asiático - representará mais um passo no fortalecimento da relação entre eles.

"A primeira Reunião Mercosul-Asean marcará o início do diálogo estruturado entre duas das mais importantes regiões do mundo em desenvolvimento", indicou em comunicado o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, país que durante este semestre exerce a Presidência rotativa do bloco sul-americano.

Fontes oficiais do Governo Federal afirmaram que as trocas comerciais entre Mercosul e Asean totalizaram US$ 11,750 bilhões no ano passado, considerada pequena devido ao tamanho das economias reunidas nos dois blocos.

A intenção deste primeiro encontro de autoridades é analisar as possibilidades de ampliação deste volume de negócios e também estabelecer pontes de diálogo político em relação à agenda internacional e à posição que deve ser ocupada pelos países em desenvolvimento na cena mundial.

Na semana passada, durante visita oficial do chefe de Estado da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou sua decisão de fortalecer a cooperação entre o Mercosul e os países do sudeste asiático.

Lula comprometeu-se a colocar esse interesse na próxima cúpula semestral do Mercosul, que será realizada em dezembro, enquanto Yudhoyono disse que fará o mesmo na 14ª Cúpula da Asean, que será realizada em Bangcoc, também no mês que vem.

Segundo o programa divulgado pelo Governo brasileiro, a reunião começará às 12h de Brasília de amanhã na sede do Ministério das Relações Exteriores, onde o ministro Celso Amorim receberá às delegações para um almoço de trabalho.

Posteriormente, as autoridades do Mercosul e da Asean posarão para a foto oficial do encontro e se reunirão a portas fechadas, antes do encerramento das atividades com uma entrevista coletiva, na qual estarão presentes representantes de ambos os blocos.

A Asean é integrada por Mianmar, Brunei, Camboja, Indonésia, Laos, Filipinas, Malásia, Cingapura, Tailândia e Vietnã. EFE ed/ev/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG