Brasileiros mortos em terremoto no Haiti chegam a 17

SÃO PAULO (Reuters) - O Exército brasileiro anunciou na noite de domingo que foi encontrado o corpo de um major que estava desaparecido no Haiti após o terremoto que devastou o país mais pobre das Américas na semana passada. Assim, o número de brasileiros mortos na tragédia sobe para 17, sendo 15 militares. O Brasil comanda as tropas da Minustah, missão de paz da Organização das Nações Unidas no Haiti, e, antes do terremoto, tinha 1.266 militares no país.

Reuters |

Além dos militares integrantes da Minustah, também morreram na tragédia a médica e fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, e o diplomata Luiz Carlos da Costa, funcionário da ONU e segundo civil na hierarquia da Minustah, cuja morte foi confirmada no sábado.

Segundo o Exército, três militares brasileiros ainda estão desaparecidos. O terremoto de magnitude 7, que deixou Porto Príncipe em ruínas, pode ter matado até 200 mil pessoas.

(Por Eduardo Simões)

    Leia tudo sobre: haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG