Brasileiros envolvidos em naufrágio retornam ao País

Consulado em Milão contabilizou 28 atendimentos, sendo que parte já embarcou e apenas duas pessoas seguirão viagem pela Europa

Fred Raposo, iG Brasília |

Pelo menos 26 dos 53 brasileiros envolvidos no naufrágio de um navio cruzeiro, na Itália , já receberam do consulado em Milão a Autorização de Retorno ao Brasil (ARB). O cônsul geral-adjunto em Milão, Antonio Luz, informa que foram realizados 28 atendimentos, entre ontem e hoje, e que apenas dois brasileiros decidiram seguir viagem pela Europa .

Leia também: Mais dois corpos são encontrados após naufrágio de cruzeiro na Itália

AE
Sobreviventes do naufrágio do navio Costa Concordia desembarcaram no Rio Grande do Sul neste domingo

Uma família de 17 pessoas embarcou ontem para o Brasil. Eles passarão a noite em Recife e,amanhã, desembarcam em Fortaleza, no Ceará. Outra família, de três pessoas, conseguiu um voo esta manhã, e outros dois brasileiros embarcam hoje à noite para São Paulo. Já um grupo de quatro passageiros pode antecipar para amanhã um voo que estava previsto para deixar a Itália apenas na quarta-feira.

O consulado do Brasil em Roma confirmou que 53 brasileiros - 47 passageiros e seis integrantes da tripulação - estavam no barco que naufragou próximo à ilha de Giglio, na noite de sexta-feira. De acordo com o Itamaraty, não houve brasileiros entre as vítimas.

Antonio Luz conta disse que nem todos os brasileiros passaram pelo consulado. “Alguns desses passageiros remanescentes estavam com seus documentos, e não precisaram passar pela repartição na Itália. Outros voltaram ao Brasil via Roma”, assinala.

O cônsul explica que foi montado um grupo especial para atendimento dos brasileiros. “Oferecemos roupa e sapatos para quem precisava. Alguns perderam praticamente tudo. Quando chegaram no consulado só estavam com a roupa do corpo, muitos ainda de pantufas”, recorda Luz.

Ele conta que os brasileiros estavam "relativamente tranquilos, à exceção de umas duas ou três pessoas que estavam mais fragilizadas”. Ainda segundo o cônsul, os brasileiros em Milão estão hospedados no hotel Hilton, sendo que o alojamento é custeado pela companhia dona da embarcação.

    Leia tudo sobre: naufrágioitáliaconsuladobrasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG