Brasileiros em LA contam o que sentiram na hora do terremoto

LOS ANGELES - O brasileiro Leonardo Dobner mora em Redondo Beach, ao sul de Los Angeles, e estava em casa, às 11h42, quando sentiu o terremoto que atingiu a cidade nesta tarde. Leia o depoimento abaixo:

Redação |

AP
População de Los Angeles deixou os prédios na hora do terremoto
População de Los Angeles deixou
os prédios na hora do terremoto
"Estava navegando na internet, sentado no chão, quando tudo começou a tremer. A casa chacoalhou inteira. O tremor durou uns 20 segundos. Na hora saí correndo e fiquei embaixo do batente da porta da sala. Meus amigos, que também estavam em casa, saíram correndo para a rua. Ficamos apavorados porque achamos que era o The Big One.

Quando o tremor parou, liguei a TV para saber o que estava acontecendo. Meus amigos começaram a me passar rádio porque estavam na rua dirigindo e também sentiram o carro tremer". Segundo Leonardo, os telefones pararam de funcionar por 30 minutos mas já voltaram.

A internauta Isabel Sobral, que mora em Los Angeles já mais de cinco anos, também estava navegando na internet quando ouviu um barulho e sentiu o chão tremer. "Por um momento pensei que fosse o menino que mora no apartamento de baixo e que vive correndo, mas logo percebi que estava muito forte pra ser só um garoto de 10 anos", contou ela, que viu o chão, a mesa do computador as cortinas balançarem.

"Levantei correndo, peguei a minha amiga, Marilda, que estava na cozinha, e fomos para debaixo do batente da porta", relata Isabel. "A sensação [de vivenciar um terremoto] é horrével, de impotência e apreensão. Você não sabe o que fazer e fica esperando por alguma coisa que nem sabe o que é."

Leia mais sobre terremotos

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG