Brasileiro Leandro Lima, do Porto, é suspenso por adulteração de idade

Lisboa, 23 mai (EFE).- O jogador brasileiro Leandro Lima, do Porto, pegou três meses de suspensão da Comissão de Disciplina da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) por adulteração de idade.

EFE |

Leandro nasceu em 1985, mas apresentou uma documentação que mostrava 1987 como seu ano de nascimento. O meia chegou a defender a seleção brasileira sub-20 em 2007.

Além disso, ficou provado que o nome do jogador também havia sido alterado na documentação, o que poderia ter rendido uma suspensão de até seis meses.

A Comissão explicou que a pena foi reduzida porque o meia confessou a irregularidade e se mostrou arrependido. Leandro alegou que "nunca teve a intenção de prejudicar ninguém".

Na sua defesa, ex-jogador do São Caetano explicou que quando tinha 17 anos, um homem lhe propôs jogar profissionalmente. Leandro, então, recebeu uma documentação com dados alterados para poder atuar pelo Real Salvador, da Bahia.

O Porto não será punido, pois desconhecia a irregularidade quando contratou Leandro no início da temporada 2007-08. EFE abm/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG