Um tripulante brasileiro estaria entre as três vítimas fatais de um acidente envolvendo um navio de cruzeiro de luxo no balneário egípcio de Sharm El-Sheikh, no Mar Vermelho, nesta sexta-feira.

O navio Costa Europa, da empresa Costa Crociera, transportava cerca de 1,5 mil passageiros quando bateu contra o cais na hora de atracar no balneário egípcio, deixando três tripulantes mortos.

Segundo a polícia e funcionários de resgate, que falaram sob condição de anonimato, as vítimas são do Brasil, Honduras e Índia, mas a empresa não confirmou as nacionalidades.


Navio atingiu o cais na hora de atracar / AP

A Costa Crociera, empresa proprietária do navio, afirmou que a embarcação ficou danificada no lado direito após atingir o cais. "Nós confirmamos a morte de três membros da tripulação", disse a companhia em um comunicado. "O navio seguirá atracado no porto", completa a nota.

Testemunhas disseram que ventos fortes atingiram a região na hora da chegada ao porto, o que teria causado o acidente.

O navio Costa Europa fazia um cruzeiro de 18 dias partindo de Dubai e com destino a Savona, na Itália.


Segundo testemunhas, ventava muito na hora do acidente / AP

* Com AP

Leia mais sobre Egito

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.