Uma das vítimas do ataque cometido contra o prédio da American Civic Association, localizado na cidade de Binghampton, no Estado de Nova York, Estados Unidos, era o brasileiro Almir Olimpio Alves, de 42 anos.

AP
Tiroteio aconteceu na Associação Civil Americana

Tiroteio aconteceu na Associação Civil Americana

De acordo com informações da polícia, Almir estudava no centro de imigração. A reportagem do Último Segundo não conseguiu contato com o Itamaraty.

Além do brasileiro, morreram quatro pessoas da China, duas dos Estados Unidos, duas do Vietnã, duas do Haiti, uma do Paquistão, uma da Filipinas e uma do Iraque.

O ataque aconteceu na última sexta-feira, quando um homem, identificado como Jiverly Wong, um vietnamita de 41 anos, invadiu o centro de imigração e matou 13 pessoas. O atirador agiu sozinho e se suicidou, segundo a polícia, porque teria perdido o emprego e estaria com dificuldade para arrumar um novo trabalho porque não falava corretamente a língua inglesa.

O chefe da polícia de Binghamton, Joseph Zikuski, disse que uma recepcionista foi uma das primeiras pessoas a serem baleadas. Ela fingiu estar morta, depois se escondeu atrás de uma mesa e ligou para a polícia.

Futura Press
Brasileiro morto em ataque nos Estados Unidos

Brasileiro morto em ataque nos EUA

Zikuski disse, ainda, que 26 pessoas se esconderam, 37 foram retiradas do edifício em segurança e quatro ainda estão em estado grave.

Cerca de 40 pessoas foram mantidas reféns dentro do prédio da Associação Civil Americana, onde o homem entrou e começou a atirar. Ele teria bloqueado a porta dos fundos com seu carro.

Centro para imigrantes

O prédio da Associação Cívica Americana é usado para o ensino de inglês e para outros serviços a imigrantes recém-chegados aos Estados Unidos que se preparam para obter a cidadania norte-americana

A cidade de Binghamton fica aproximadamente 240 quilômetros a noroeste da cidade de Nova York, com uma população de cerca de 45 mil pessoas.

(*com informações da AP e Reuters)

Leia mais sobre violência nos Estados Unidos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.