Brasileiro é detido no Uruguai com 150 kg de pedras preciosas

Montevidéu, 12 mai (EFE).- Responsáveis da Alfândega da cidade uruguaia de Artigas detiveram hoje um cidadão brasileiro que pretendia entrar no país de táxi e com 150 quilos de pedras preciosas, informou a Direção Nacional de Alfândegas do Uruguai.

EFE |

Os guardas da fronteira em Artigas, localizada a cerca de 500 quilômetros de Montevidéu e fronteiriça com a cidade de Quaraí (RS), detiveram uma pessoa da qual só se sabe sua nacionalidade e que carregava várias bolsas repletas de ametistas, ágatas e citrinos, entre outros minerais.

Segundo o detido, as pedras procediam da cidade de Iraí (RS) e seriam entregues na rodoviária de Artigas e em seguida levadas a Montevidéu para serem vendidas.

A Direção Nacional de Alfândegas informou que esta apreensão complementa outras investigações as quais comprovaram que uma grande quantidade de pedras extraídas de minas uruguaias chega ao Brasil de forma clandestina, onde são fracionadas antes de retornar ilegalmente ao país para sua comercialização. EFE amr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG