Brasileiro é detido na Flórida por porte ilegal de armas

Miami, 14 abr (EFE).- O brasileiro Geraldo Ricardo Miranda, de 43 anos, foi detido na Flórida, nos Estados Unidos, onde é acusado de porte ilegal de armas e perjúrio, informou hoje a Promotoria federal do distrito sul do estado.

EFE |

Agentes do Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE) detiveram Geraldo, que seria acusado de homicídio no Brasil, na cidade de Port St. Lucie (Flórida).

Uma investigação posterior revelou que o brasileiro tinha solicitado e obtido uma licença para dirigir na Flórida utilizando uma certidão de nascimento falsa de Porto Rico, um cartão do seguro social, um documento militar e uma licença do Brasil.

Em uma audiência judicial na segunda-feira, foi dito que, quando a Polícia deteve Geraldo em casa, em Port St. Lucie, foram encontradas uma arma Glock e 32 cartuchos de munição.

Segundo o documento do caso, o brasileiro é um imigrante ilegal e não tem permissão para ter uma arma.

O brasileiro enfrenta quatro acusações por andar armado sendo imigrante ilegal, por falsas declarações para solicitar também um passaporte americano e por fingir ser um cidadão dos EUA.

Caso seja considerado culpado, Geraldo pode ficar entre cinco a dez anos na prisão. EFE sob/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG