Brasileiro é acusado de matar mulher ao dirigir bêbado no Uruguai

Juiz diz que atropelamento de uruguaia de 18 anos aconteceu por 'imprudência' e 'excesso de álcool' no sangue do motorista

BBC Brasil |

selo

Uma juíza do departamento (Estado) uruguaio de Maldonado determinou a prisão preventiva de um turista brasileiro acusado de atropelar e provocar a morte de uma uruguaia no balneário de Punta del Este, na madrugada de 1º de janeiro.

Em entrevista nesta segunda-feira à rádio argentina Diez, a juíza Adriana Graziuso disse que o atropelamento da uruguaia ocorreu por "imprudência" e "excesso de álcool" no sangue do motorista. A vítima, que estava numa moto, tinha 18 anos e se chamava Jennifer Marino Osano, segundo o jornal uruguaio El País.

O jornal diz que seu companheiro na moto, Rodolfo Sosa Presa, 20, feriu-se gravemente no acidente. Como o brasileiro não tem antecedentes criminais no Uruguai, a Justiça só divulgou as iniciais (M.T.C.) de seu nome. "Era um lugar cheio de gente, e ele não poderia circular naquelas condições", afirmou a juíza. O brasileiro está sendo processado pela Promotoria do país.

Agricultor

O advogado uruguaio Jorge Barrera, que defende o brasileiro no caso, disse à BBC Brasil que seu cliente tem 30 anos e é um produtor agrícola do Rio Grande do Sul. Segundo Barrera, o brasileiro deve ficar preso pelo menos até 2 de fevereiro, já que a Justiça uruguaia estará em recesso até lá.

Ele diz que o acusado lamenta o incidente e que seu cliente dirigia uma caminhonete quando a moto atravessou na sua frente. Segundo a versão do brasileiro, os motociclistas não usavam capacete. Barrera confirmou que o nível alcoólico além do permitido foi o motivo da prisão do brasileiro.

Uma perícia policial indicou que o acidente ocorreu ou porque a moto cruzou na frente da caminhonete ou porque o motorista não respeitou um sinal de "pare". Neste verão, Punta del Este tem recebido grande número de turistas brasileiros.

    Leia tudo sobre: uruguaipunta del esteatropelamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG