Brasileiras ganham 1º medalha da vela feminina do país

A dupla de velejadoras Fernanda Oliveira e Isabel Swan chegou em primeiro lugar na regata de encerramento da classe 470 nesta segunda-feira na Olimpíada de Pequim, conquistando a medalha de bronze - a primeira olímpica da história da vela feminina brasileira. Agora, o Brasil tem seis medalhas nos Jogos de Pequim - um ouro e cinco bronzes.

BBC Brasil |

A vitória brasileira, em Qingdao, veio após uma campanha que mostrou progresso gradual. Na primeira das 11 regatas disputadas, a dupla não estava nem entre as dez melhores e foi subindo aos poucos no ranking.

Na sexta-feira, Oliveira e Swan surpreenderam conquistando um segundo lugar na oitava regata, pulando na colocação geral para terceiro, posição que mantiveram com a vitória desta segunda-feira.

Na regata final, a dupla passou as duas primeiras marcações em segundo lugar, atrás do barco de Israel, tripulado por Nike Kornecki e Vered Buskila, mas ganhou a dianteira a partir da terceira marcação concluindo cruzando a linha de chegada em primeiro lugar.

Apesar da vitória, as brasileiras não levaram o ouro porque ficaram atrás na classificação geral, que leva em conta o resultado de todas as regatas.

Com 60 pontos negativos de faltas, Swan e Oliveira ficaram atrás das holandesas Marcelien De Koning e Lobke Berkhout, que ganharam prata com 53 pontos, e das medalhistas de ouro Elise Rechichi e Tessa Parkinson da Austrália, que marcaram 43 pontos.

Esta é a terceira olimpíada de Oliveira e a primeira de Swan.

A dupla conquistou o bronze inédito após três anos de treinamento diário nas águas do rio Guaíba em Porto Alegre.

Juntas, Oliveira e Swan já tinham obtido o melhor resultado feminino brasileiro na história da classe 470: a quarta posição no Campeonato Mundial de 2006.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG