Genebra, 17 fev (EFE).- A brasileira Paula Oliveira, que denunciou ter sido vítima de um ataque racista na Suíça, abandonou hoje a clínica de Zurique na qual estava internada.

Para evitar o assédio da imprensa que a aguarda na entrada principal, Paula deixou o centro médio pelas portas do fundo. EFE is/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.