Brasileira morre atropelada nas proximidades de piquete na Argentina

Buenos Aires, 1 abr (EFE).- Uma brasileira de 19 anos morreu hoje atropelada em uma estrada do nordeste da Argentina, a um quilômetro de um bloqueio estabelecido por produtores e trabalhadores rurais que estão em greve há 20 dias no país, informaram fontes policiais.

EFE |

Logo após a notícia ser divulgada pela emissora de TV "C5N", de Buenos Aires, Sergio Urribarri, governador da província de Entre Ríos, onde ocorreu a tragédia, informou que a jovem foi atropelada por um ônibus quando desceu do caminhão no qual viajava junto com seu namorado para usar o banheiro de um posto de combustível.

"Ele era namorada do motorista do caminhão e infelizmente foi atropelada por um ônibus quando desceu para ir ao banheiro", comentou o governador.

Alguns meios de comunicação locais identificaram a brasileira morta como Priscila Pereira Lamayo Gonçalves, e outros como Priscila Camargo.

O caminhão no qual a jovem viajava tem placa brasileira e transportava encanamentos metálicos.

Fontes policiais citadas pela agência oficial argentina "Télam" assinalaram que é preciso estabelecer se o caminhão tinha parado em função do piquete de produtores e trabalhadores agrícolas ou se estava encostado voluntariamente na estrada.

A estrada onde ocorreu o acidente está localizada nas proximidades da cidade de Gualeguaychú, cerca de 270 quilômetros ao norte de Buenos Aires e epicentro de um dos bloqueios mais radicais.

EFE cw/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG