Brasileira forçada a se prostituir é resgatada na Argentina

Uma brasileira e cinco paraguaias forçadas a se prostituir foram resgatadas na cidade de Azul, 300 km ao sudoeste de Buenos Aires, informou nesta quarta-feira uma fonte policial, destacando que quatro pessoas foram detidas.

AFP |

As jovens, com idades entre 19 a 31 anos, tinham sido seduzidas por falsas promessas de trabalho na Argentina.

"Desarticulamos uma quadrilha que se dedicava a recrutar mulheres no Paraguai com falsas promessas de trabalho como babá, empregada doméstica ou balconista", explicou um porta-voz da polícia, que não quis ser identificado.

No entanto, assim que chegavam à Argentina, as mulheres tinham o passaporte retido e eram obrigadas a se prostituir. As que se negavam eram espancadas e queimadas com pontas de cigarros. Às vezes, não tinham o que comer, e não podiam deixar o local onde estavam trancadas", acrescentou o policial.

Uma das mulheres conseguiu fugir e denunciou a quadrilha, revelou o porta-voz.

jos/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG