Brasil vence Venezuela em teste para fase final da Liga Mundial

Redação Central, 18 jul (EFE).- A seleção brasileira masculina de vôlei não teve problemas para derrotar a Venezuela por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/16 e 29/27, em partida válida pelo grupo A da Liga Mundial.

EFE |

Com a classificação para a fase final já garantida e atuando diante da apaixonada torcida que lotou a Goiânia Arena, a equipe do técnico Bernardinho não teve maiores dificuldades para triunfar neste teste.

Tendo pela frente uma equipe comandada por outro brasileiro, Ricardo Navajas, o Brasil entrou em quadra com a seguinte formação: Marcelinho, André Heller, Giba, André Nascimento, Gustavo, Dante e Serginho.

Ao contrário do que muitos podiam imaginar, a equipe venezuelana causou problemas para a equipe brasileira, tento o saque como principal arma.

Entretanto, com o passar do tempo o Brasil mostrou sua maior qualidade técnica e fechou o confronto por 25 a 23.

No segundo set a equipe venezuelana não conseguiu manter o bom aproveitamento nos saques, enquanto o Brasil aproveitou a melhora de rendimento de Dante.

Desta forma a equipe brasileira fechou este período, em apenas 28 minutos, em 25 a 16.

As maiores emoções do confronto ficaram guardados para o set final, no qual um Brasil modificado - após as entradas de Ânderson e Murilo - teve algumas dificuldades para superar os venezuelanos.

A equipe do técnico Ricardo Navajas chegou a alcançar dois set points.

Porém, no final o Brasil demonstrou toda a sua força e qualidade técnica para se impor e vencer por 29 a 27.

Agora, Brasil e Venezuela voltam a se enfrentar no próximo sábado no mesmo local a partir das 10h (horário de Brasília).

A fase final da Liga Mundial de vôlei acontece entre os dias 23 e 27 de julho no Rio de Janeiro.

- Ficha técnica: Brasil: Marcelinho, André Heller, Giba, André Nascimento, Gustavo e Dante. Entraram: Serginho (líbero), Anderson, Murilo, Samuel e Bruninho. Técnico: Bernardinho.

Venezuela: Cenedo, Valera, Diaz, Rojas, Ernardo e Marquez.

Entraram: Silva (líbero), Blanco e Luna. Técnico: Ricardo Navajas.

Árbitros: Omelio Castillo (Cuba) e Jorge Vélez (Porto Rico). EFE fal/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG