Brasil vence Uruguai, mas não vai para a final do Sul-Americano de basquete

Redação Central, 5 jul (EFE).- Apesar de vencer o jogo contra o Uruguai por 86 e 77, o Brasil não conseguiu passar para a final do Campeonato Sul-Americano de basquete masculino, disputado em Puerto Montt, no Chile.

EFE |

Precisando de 21 pontos de vantagem - devido ao critério de desempate da competição -, o Brasil mostrou um bom volume de jogo, mas não pôde evitar a marcação uruguaia, que estava afinada e não permitia a abertura da vantagem necessária no marcador.

Os uruguaios alternaram bem seus jogadores em quadra, apresentando um banco sempre eficiente quando algum jogador era sacado para entrar no jogo.

No final do primeiro tempo o placar era de 40 a 37 para os uruguaios, e a missão se tornava cada vez mais difícil para o segundo tempo.

A seleção brasileira voltou mais forte para o segundo tempo e alem de reverter o placar a seu favor tentou abrir a vantagem que precisava para ir à final, mas ao término do terceiro quarto o marcador indicava apenas Brasil 59, Uruguai 56.

Com apenas mais um quarto para lutar, os brasileiros continuaram até o final na frente, mas sem conseguir abrir mais do que 12 pontos de vantagem, terminando a partida com apenas nove à frente dos adversários. Apesar de uma boa porcentagem de aproveitamento nos arremessos de dois pontos, os brasileiros não marcaram muitos de três (3 acertos em 12 tentativas), fundamento que fez falta para um placar mais elástico.

Agora, resta o consolo de disputar amanhã contra a Venezuela a medalha de bronze do torneio.

O Brasil está sendo representado pelo seu time B, dirigido por Paulo Chupeta, técnico do Flamengo. A equipe principal se prepara para buscar uma vaga para Pequim no torneio pré-olímpico, que acontecerá a partir do próximo dia 14, em Atenas (Grécia).

De acordo com o regulamento do Sul-Americano, as seis seleções jogam entre si, em turno único. As duas primeiras colocadas na soma de pontos das cinco rodadas decidem o título. As equipes que ficarem em terceiro e quarto lugares disputam a medalha de bronze.

As quatro primeiras colocadas estão classificadas para a Copa América de 2009, que dará quatro vagas para o Mundial da Turquia, daqui a dois anos. EFE rd/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG