Brasil vence Líbano com facilidade na estréia do Pré-Olímpico de basquete

Redação Central, 15 jul (EFE) - O Brasil não encontrou dificuldades para vencer o Líbano por 94 a 54 na estréia do grupo A do Pré-Olímpico Mundial de basquete masculino, disputado na cidade grega de Atenas. Com o resultado, a seleção brasileira empatou na liderança com A Grécia, adversária de amanhã. Os comandados do espanhol Moncho Monsalve começaram a partida se aproveitando da fragilidade do adversário. Liderada por Marcelinho Huertas, a seleção brasileira fechou o primeiro período vencendo por 27 a 8.

EFE |

A tônica foi a mesma no segundo quarto, ainda que os libaneses tenham conseguido marcar mais alguns pontos. Quando Huertas fez 40 a 18 para o Brasil, o técnico Fuad Abou Chakra parou a partida.

Entretanto, as orientações não surtiram efeito e Duda fechou o período fazendo 48 a 21 para o Brasil.

No terceiro quarto, o destaque foi Baby, que ajudou a equipe a fechar 73 a 37. O pivô terminou a partida com 14 pontos, sendo o terceiro maior pontuador da seleção.

Moncho decidiu mandar à quadra os cinco titulares no último período e o massacre brasileiro continuou. Quando os libaneses tentavam reagir, o Brasil respondia à altura e ampliava sua vantagem. Como quando o Líbano fez uma cesta de três pontos, e Baby fez mais dois na seqüência.

No final, a vantagem de 40 pontos no placar acabou refletindo a superioridade dos brasileiros na partida. Entretanto, a equipe não deve encontrar a mesma facilidade na partida de amanhã, às 16h de Brasília, contra a Grécia, que venceu o Líbano por 119 a 62 na estréia.

Duas equipes se classificam por chave e enfrentam quem sair da chave B, que tem Alemanha, Nova Zelândia e Cabo Verde. Se perderem para a Grécia, os brasileiros ficam em segundo e deverão enfrentar os alemães, favoritos a terminar na liderança. Os jogos serão na sexta.

Ficha técnica: Líbano (8+13+16+17): Tawbe (2), Mahmoud (7), Feghali (5), Samaha (0) e El Khatib (3). Entraram: Abd el Nour (0), Fahed (15), Fakhreddine (2), Balaa (0), Mneimneh (6), El Turk (11) e Khoury (3).

BRASIL (27+21+25+21): Marcelinho Huertas (17), Alex Garcia (7), Marcelinho Machado (5), João Paulo (0) e Tiago Splitter (9).

Entraram: Duda (9), Murilo (14), Marcus (5), Ricardo Probst (8), Baby (16), Jonathan Tavernari (2) e Fulvio (2). EFE plc/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG