Brasil tem mais seqüestro que a Colômbia, diz ONG Pax Christi

Bogotá 14 ago (EFE) - O Brasil, atualmente, tem mais seqüestros que a Colômbia, afirmou hoje em Bogotá a ONG Pax Christi, em um relatório que formula recomendações para evitar que se repita a situação colombiana registrada há alguns anos. Outros países que também superam a Colômbia nesse crime são México, Venezuela e Equador. O documento, denominado O seqüestro é um negócio explosivo, foi apresentado em Bogotá pela representante da Pax Christi para a América Latina, a holandesa Marianne Moor, que indicou que em matéria de seqüestro, a Colômbia é superada amplamente por países como Brasil, México, Iraque, Venezuela e Equador. Segundo ela, no Brasil o seqüestro é um efeito secundário da alta taxa de criminalidade das grandes cidades. O relatório da Pax Christi destaca que a problemática do seqüestro no México está estreitamente relacionada com o surgimento da máfia das drogas e do crime organizado. No caso colombiano, Moor mencionou 562 seqüestros registrados no ano passado e precisou que ainda há 1.500 pessoas em cativeiro.

EFE |

No entanto, a representante da Pax Christi lembrou que, em alguns casos, os seqüestros registrados na Venezuela e no Equador ocorreram nas zonas fronteiriças com a Colômbia.

Mas, segundo a holandesa, "não se pode falar que a Colômbia exporte seqüestros, já que na Venezuela e no Equador há quadrilhas mistas de colombianos com venezuelanos e equatorianos".

Moor acrescentou que, apesar dos golpes infligidos pelas autoridades colombianas às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o Governo "tem que buscar uma saída política ao conflito armado e isso inclui a prática do seqüestro".

A Pax Christi recomendou ao Governo da Venezuela "evitar que a problemática continue crescendo", advertiu de que "o debate sobre o seqüestro deve ser despolitizado" e considerou que "as unidades antiseqüestro venezuelanas não estão suficientemente equipadas". EFE gta/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG