Brasil tem 1ª morte por gripe em comunidades indígenas

São Paulo, 13 ago (EFE).- As autoridades brasileiras reportaram hoje a primeira morte em decorrência da gripe A em comunidades indígenas.

EFE |

A Fundação Nacional do Índio (Funai) comunicou que um bebê de três meses morreu em consequência da gripe em uma aldeia no município de São Vicente, no litoral paulista, e que, por isso, o organismo decidiu impedir a entrada de pessoas não indígenas nas comunidades.

A Secretaria de Saúde do Município de São Vicente afirmou que outras quatro pessoas com sintomas da doença estão sob cuidados médicos na aldeia Paranapuá.

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) investiga uma morte em outra aldeia indígena no Pará, enquanto em Rondônia a primeira vítima fatal em decorrência da doença foi confirmada.

Até o momento, segundo os números oficiais, 227 mortes confirmadas pela doença foram registradas no Brasil. EFE wgm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG