inaceitável ato terrorista no Paquistão - Mundo - iG" /

Brasil se une a repúdio contra inaceitável ato terrorista no Paquistão

Rio de Janeiro, 22 set (EFE).- O Governo brasileiro condenou hoje de maneira veemente o atentado terrorista do sábado contra o hotel Marriott em Islamabad, capital do Paquistão, que deixou pelo menos 53 mortos e 266 feridos.

EFE |

Através de um comunicado oficial do Itamaraty, o Governo brasileiro se uniu à onda de repúdio em escala mundial pelo que foi qualificado pelo Paquistão como "o maior atentado da história" desse país.

"O Governo manifesta sua solidariedade ao Governo e ao povo paquistaneses e apresenta suas condolências aos familiares das vítimas do inaceitável ato terrorista", afirma o comunicado oficial.

Segundo as autoridades do Paquistão, o atentado com um caminhão cheio de explosivos foi cometido por um grupo fundamentalista vinculado aos talibãs e à rede Al Qaeda.

O hotel Marriott em Islamabad era um movimentado centro de encontros diplomáticos, jornalísticos e de homens de negócios.

"Ao repudiar esse ato de violência, que causou dezenas de mortos e feriu mais de 200 pessoas, o Governo brasileiro reitera sua veemente condenação a todas as formas de terrorismo e faz votos de que o Paquistão possa trilhar o caminho da paz e da estabilidade", ressaltou o comunicado do Ministério das Relações Exteriores. EFE ol/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG