Brasil reforça cooperação com Irã durante visita de Amorim

Teerã, 2 nov (EFE). - O chanceler iraniano, Manouchehr Mottaki, afirmou hoje em Teerã que a estratégia de seu país na América Latina é ampliar as relações com os países da região, durante uma reunião com o Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim.

EFE |

Segundo a televisão pública iraniana, Mottaki fez essas declarações em coletiva de imprensa conjunta com Amorim, que realiza uma visita oficial ao país.

"Irã e Brasil colaboram em diferentes âmbitos de indústria, agricultura, minas e setor energético", explicou Mottaki.

Amorim qualificou de "muito importante" sua viagem ao Irã e destacou que o volume das exportações desse país ao Brasil é pequeno e precisa aumentar.

O diplomata iraniano apontou, além disso, que as conversas que manteve hoje com Amorim foram centradas na ampliação dos laços comerciais entre ambos os países.

"Acordamos realizar uma comissão conjunta de cooperação no próximo ano na capital do Brasil", anunciou Mottaki.

Fora disso, discutiram os últimos eventos na América Latina, o Oriente Médio, o Golfo Pérsico e a Ásia Central, assim como assuntos relacionados com Afeganistão e Iraque.

"Temos visões e posturas comuns sobre as questões internacionais importantes, de tal forma como intercambiamos boas idéias sobre como sair da crise monetária e financeira do mundo", afirmou Mottaki.

O Irã é o maior mercado brasileiro no Oriente Médio. Em 2007 absorveu 28,7% das exportações do Brasil, o que equivale a US$ 2 bilhões. EFE msh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG