Brasil perde bronze em pior campanha do vôlei de praia feminino

O vôlei de praia feminino do Brasil encerrou em Pequim a sua pior campanha nos Jogos Olímpicos com a derrota da dupla Renata e Talita para as chinesas Xue Chen e Zhang Xi na disputa pela medalha de bronze. Debaixo de muita chuva na Arena de Vôlei de Praia do Parque Chaoyang, até mesmo a torcida chinesa parecia tímida nas arquibancadas.

BBC Brasil |

Na quadra, o jogo era equilibrado, mas a dupla chinesa se mostrou mais decidida nos principais momentos decisivos da partida e acabou com a vitória por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17).

Com a quarta colocação de Renata e Talita em Pequim, o vôlei de praia feminino do Brasil não terá uma dupla no pódio da Olimpíada pela primeira vez desde que o esporte passou a ser disputado nos Jogos Olímpicos, em Atlanta-1996.

Desde então, as duplas femininas do Brasil acumularam cinco medalhas. Em Atlanta, Jacqueline Silva e Sandra Pires ficaram com o ouro, e Mônica e Adriana Samuel, com a prata.

Quatro anos depois, em Sydney, Adriana Behar e Shelda perderam a final para as australianas Cook e Pottharst e ficaram com a prata. Adriana Samuel e Sandra Pires conquistaram o bronze.

Em Atenas-2004, Adriana Behar e Shelda voltaram a perder o ouro na decisão (desta vez, contra as americanas Walsh e May) e repetiram a prata.

Contusão
Em Pequim, a dupla brasileira apontada como principal candidata a medalha era Juliana e Larissa. Uma contusão no joelho, no entanto, impediu Juliana de participar da Olimpíada, e Ana Paula foi convocada às pressas para substitui-la.

A falta de entrosamento entre Larissa e Ana Paula, que nunca haviam jogado juntas até o início da Olimpíada, prejudicou a dupla, que acabou a participação em Pequim nas quartas-de-final, depois de três vitórias e duas derrotas.

Apesar dos problemas no torneio feminino, o Brasil já garantiu, no mínimo, uma medalha de prata no vôlei de praia masculino em Pequim.

A dupla formada pelo cearense Márcio e o capixaba Fábio Luiz vai disputar o ouro na final contra os americanos Phil Dalhausser e Todd Rogers.

Os atuais campeões olímpicos Ricardo e Emanuel, que formam a outra dupla brasileira no torneio feminino, vão disputar a medalha de bronze contra Geor e Gia - parceria que defende a Geórgia, apesar de ser formada pelos paraibanos Renato Gomes e Jorge Terceiro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG