Geógrafos da Universidade de Sheffield, na Grã-Bretanha, desenvolveram um projeto pelo qual os mapas de vários países são redesenhados de acordo com sua concentração populacional.

Divulgação
Mapa

Mapa "borboleta" do Brasil

Para Benjamin David Henning, um dos idealizadores do projeto Worldmapper, as imagens permitem a compreensão visual dos recursos e fluxos mundiais.

O projeto também gera mapas de acordo com centenas de outros fatores, como idade, origem populacional, idioma falado, renda etc.

"É uma maneira mais fácil de identificar como melhorar os problemas enfrentados pelos países ou diferentes regiões do mundo", explica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.