Brasil extraditará o colombiano Juan Carlos Abadia aos EUA nos próximos dias

Brasília, 20 ago (EFE).- O traficante colombiano Juan Carlos Ramírez Abadia será extraditado pelo Brasil para os Estados Unidos nos próximos dias, após a publicação hoje do parecer favorável do Ministério da Justiça, informaram fontes oficiais.

EFE |

O consentimento à extradição do traficante conhecido como "Chupeta" foi publicado hoje no Diário Oficial, e com isso foi cumprido um dos últimos passos burocráticos da extradição.

Fontes do Ministério da Justiça disseram à Agência Efe que, para a entrega do colombiano às autoridades dos Estados Unidos, só falta agora que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assine os documentos correspondentes, o que deverá ocorrer nos próximos dias.

"Nesta mesma semana ou na próxima poderá ser extraditado", disse uma fonte oficial.

Nos Estados Unidos, Abadia deverá responder por diversos crimes, entre eles tráfico internacional de drogas e o assassinato de 15 pessoas, mas não poderá ser condenado a mais de 30 anos de prisão, decidiu o Supremo Tribunal Federal, ao aprovar a extradição.

O traficante, considerado chefe do cartel de Norte del Valle del Cauca, foi preso há pouco mais de um ano em São Paulo.

A extradição de "Chupeta" foi aprovada em março pelo STF, mas até agora tinha demorado devido à lentidão dos trâmites burocráticos.

No entanto, na semana passada, o Ministério da Justiça pediu para tratar o caso de Abadia com caráter de urgência, após descobrir que tinha planos para fugir da penitenciária onde está detido.

Relatórios do serviço de inteligência do sistema penitenciário afirmaram que Abadia tinha um plano de fuga para o qual tinha cúmplices fora da prisão, entre eles sua ex-mulher Ivana Pereira de Sá e o advogado Vladimir Búlgaro, que foram detidos.

Segundo as autoridades, o plano previa até o seqüestro de personalidades brasileiras, entre elas um filho de Lula, com o objetivo de usá-las em um tipo de troca para fugir da prisão. EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG