Brasil estuda doar US$ 15 mi para reconstrução do Haiti

Montreal (Canadá), 25 jan (EFE).- Um porta-voz do ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse hoje à Agência Efe em Montreal (Canadá) que o Brasil estuda doar mais US$ 15 milhões ao processo de reconstrução do Haiti, depois da previsão de envio inicial de US$ 210 milhões.

EFE |

Desta cifra, que inclui despesas de todo tipo, US$ 15 milhões foram destinados à ajuda humanitária. Agora, "o Governo brasileiro vai separar um montante equivalente para a reconstrução do Haiti" declarou o porta-voz de Amorim, que está em Montreal para participar da conferência sobre o Haiti.

No entanto, o valor final da contribuição aos trabalhos de reconstrução ainda tem que ser determinado.

O presidente da conferência, o ministro de Assuntos Exteriores do Canadá, Lawrence Cannon, repetiu hoje que a reunião não é uma "conferência de doadores" e que os países vão aguardar uma avaliação das necessidades do Haiti antes de assumir compromissos financeiros.

No último dia 12, um terremoto de 7 graus na escala Richter atingiu o Haiti. Seu epicentro foi localizado a apenas 15 quilômetros da capital do país, Porto Príncipe.

Pelo menos 21 brasileiros morreram na tragédia, sendo 18 militares e três civis, entre eles a médica Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, e Luiz Carlos da Costa, o segundo civil mais importante na hierarquia da ONU no Haiti. EFE jcr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG