Brasil e Peru assinam acordos para desenvolvimento de zona fronteiriça

Lima, 13 ago (EFE).- As agências de cooperação internacional do Brasil e do Peru assinaram hoje, em Lima, quatro acordos com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento de setores como a agricultura e a exploração de recursos naturais na fronteira entre os dois países.

EFE |

Para a assinatura dos acordos, a Agência Peruana de Cooperação Internacional recebeu na sede do Ministério de Relações Exteriores do Peru a delegação da Agência Brasileira de Cooperação, liderada por seu diretor, Marco Farani.

O primeiro dos acordos é um convênio de fortalecimento das capacidades para o melhoramento da produção de látex de seringueiras, na região peruana de Madre de Dios.

Outro acordo também inclui a troca de experiências e técnicas para melhorar a qualidade no trabalho de processamento de castanha.

Além disso, foi assinado um contrato que procura melhorar a produção pesqueira em Madre de Dios, assim como um acordo de adequação de normas técnicas para o estabelecimento de uma estratégia sanitária comum.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, viajou hoje para a Lima, onde amanhã se reunirá com o presidente peruano, Alan García, segundo fontes oficiais.

Amorim também se reunirá com o ministro das Relações Exteriores do Peru, José Antonio García Belaúnde.

Segundo uma nota divulgada pelo ministério, durante a visita serão analisadas as relações comerciais e econômicas, assim como a assinatura dos acordos.

Amorim e Belaúnde aproveitarão o encontro para discutir assuntos relativos a uma visita oficial que o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, deve fazer ao Peru em novembro.

Os chanceleres avaliarão, além disso, as alternativas para potencializar o comércio bilateral, que no ano passado alcançou o valor de US$ 3,2 bilhões, dos quais US$ 2,3 bilhões corresponderam a exportações do Brasil para o Peru. EFE fcg/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG