Brasil e México têm 2 de cada 3 computadores do total da A.Latina, diz Everis

México, 9 set (EFE).- Dois de cada três dos 95,6 milhões de computadores da América Latina estão no México e no Brasil, embora o país da região com mais aparatos por habitante seja o Chile, segundo um relatório divulgado hoje pela empresa de consultoria Everis.

EFE |

A empresa, que elaborou o documento com dados de 50 países obtidos pela International Telecommunication Union (ITU) no período entre 2000 e 2008, afirmou que há 42,9 milhões de computadores no Brasil, enquanto no México, há 20,6 milhões.

No entanto, na América Latina, o país que lidera o ranking em número de computadores por habitante é o Chile, com 31,4 por cada 100 pessoas, seguido por Brasil e Uruguai, com 22,1; Argentina, com 20,7; e México, com 19,3.

Segundo a Everis, no final de 2008 havia 1,231 bilhões de computadores no mundo e os Estados Unidos eram o país com o maior número de aparatos, 262,5 milhões de unidades, 21,3% do total mundial, enquanto que a América Latina contava com apenas 7,8%.

Depois dos EUA, aparecem China, Japão, Alemanha e Índia como países com mais computadores, já que, juntos, somam 283,5 milhões de unidades (23% do total mundial).

Por continentes, a Ásia é o que conta com maior número de equipamentos, com 504,4 milhões (41%). No final da lista, o continente africano conta com apenas 25,6 milhões de computador (2,1%).

Sobre o número de computadores por habitante no mundo, o estudo destaca que, no final de 2008, havia 18,4 por cada 100 pessoas.

Canadá, Suécia, Holanda e Suíça são os países com mais computadores por pessoa (90 para cada 100 habitantes), enquanto Bolívia, Indonésia, Paquistão, Quênia e Nigéria apresentam apenas 3 computadores por cada 100 pessoas. EFE pem/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG