Brasil e Hospital Albert Einstein instalarão centro no Haiti

Capital Porto Príncipe receberá um centro de reabilitação para deficientes físicos

AE |

O governo brasileiro e o Hospital Israelita Albert Einstein fecharam um acordo para a instalação de um centro de reabilitação para deficientes físicos no Haiti. A parceria foi assinada entre o Ministério de Relações Exteriores e a Confederação Israelita do Brasil (Conib).

O governo brasileiro doará um prédio para o Instituto Nacional Haitiano de Reabilitação. O treinamento dos técnicos na área de fisioterapia será realizado por profissionais do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do hospital.

Cerca de quatro mil pessoas sofreram amputações em consequência dos ferimentos causados pelo terremoto que abalou o Haiti em 12 de janeiro. Segundo o governo haitiano, cerca de 230 mil pessoas morreram.

Os feridos são atendidos atualmente por um centro de reabilitação temporário, instalado após a tragédia. Devastada pelo terremoto de 7 graus na escala Richter, Porto Príncipe não possui infraestrutura para atender os deficientes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: HaitiPorto Prínc ipereabilitação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG