Brasil e EUA elaboram agenda conjunta contra discriminação racial

Representantes de Brasil e Estados Unidos estão reunidos nestas quarta e quinta-feira, em Washington, para delinear uma agenda comum voltada para combater a discriminação racial em ambos os países, informaram funcionários.

AFP |

As duas nações debatem "uma forma de trabalhar juntos para assegurar que nossas sociedades aumentem a inclusão e as oportunidades para todos os nossos cidadãos", disse à imprensa o dirigente para a América Latina do Departamento de Estado, Thommas Shannon.

"Estamos dando passos importantes que destacam nosso compromisso comum com a igualdade na sociedade", disse Shannon.

O ministro brasileiro da Igualdade Racial, Edson Santos, disse esperar que das reuniões desta quarta e da quinta-feira saiam "medidas concretas" para "melhorar a situação dos negros no Brasil e dos negros nos Estados Unidos, para aumentar seus níveis de vida".

"Com base no sucesso desta experiência, reproduziremos este modelo em outros países, para lutar contra o racismo", disse Santos.

Dos debates, como parte do plano de ação conjunta, participam, além de ambos os governos, representantes dos setores privado, acadêmico e social, assim como organizações não governamentais.

du/aic/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG