Brasil e Cuba definem colaboração em combate a tráfico humano e de drogas

Havana, 22 set (EFE).- O ministro da Justiça brasileiro, Tarso Genro, iniciou hoje uma visita de trabalho a Cuba para impulsionar a colaboração bilateral em áreas como a luta contra o tráfico de pessoas e de drogas.

EFE |

Segundo a imprensa oficial cubana, a visita busca colocar as bases para que Brasil e Cuba assinem um primeiro convênio de colaboração em assuntos judiciais, que também incidirá em questões de regulação migratória.

Genro se reuniu hoje com a ministra da Justiça cubana, María Esther Reus, que ressaltou o interesse de pasta em fortalecer a cooperação com o Brasil no setor da administração da justiça.

Além disso, Reus disse que os dois países devem se unir para combater crimes como o tráfico de drogas e de pessoas, e o crime organizado, entre outros.

Genro viajou a Cuba à frente de uma delegação governamental que inclui o diretor-geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, e deve se reunir com o procurador-geral cubano, Juan Escalona; com o Presidente do Tribunal Supremo Popular, Rubén Remigio Ferro; e com autoridades do Ministério do Interior de Cuba. EFE arj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG