Brasil e Colômbia reforçam luta contra narcotráfico na fronteira

Bogotá, 27 abr (EFE).- As Forças Aéreas da Colômbia e do Brasil farão, em julho, voos de teste na luta conjunta contra o tráfico de drogas ao longo da fronteira comum, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O objetivo é "fechar a fronteira sul com o Brasil aos voos do narcotráfico", detalha um comunicado divulgado pela Força Aérea Colombiana (FAC).

Os voos serão realizados entre 6 e 10 de julho nas cidades de São Gabriel da Cachoeira (AM) e Leticia (Colômbia), e estarão dirigidos pelos chefes de operações da Força Aérea dos dois países.

A operação, denominada "ColBra 3", dará continuidade aos exercícios conjuntos iniciados em 2005, quando foram unificadas as linguagens aeronáuticas e os procedimentos para melhorar e reforçar o controle do espaço aéreo na fronteira comum, acrescenta o comunicado.

Nesta ocasião, "será realizada uma simulação de operações de interdição aérea, de aviões suspeitos que transportem entorpecentes e armas", e será estabelecida uma "troca de informação dos centros de comando e controle dos dois países", acrescenta o texto oficial.

Além disso, serão estabelecidas "normas binacionais de defesa aérea" para combater de maneira efetiva os voos ilícitos. EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG