Brasil e Colômbia realizam exercícios conjuntos contra narcotráfico

Bogotá, 6 jul (EFE).- As forças aéreas do Brasil e da Colômbia iniciaram hoje ensaios de operações para interceptar aeronaves ligadas ao narcotráfico, em povoados localizados na fronteira entre os dois países, informaram fontes oficiais.

EFE |

Trata-se dos exercícios conjuntos "ColBra 3", que serão realizados até o dia 10 de julho nas cidades fronteiriças de Leticia (Colômbia) e São Gabriel da Cachoeira (Brasil).

Segundo um comunicado da Presidência colombiana, este daria "sequência aos testes realizados em 2005".

Os exercícios incluem operações de interceptação de aviões e outras pequenas aeronaves utilizadas por grupos de narcotraficantes para transportar drogas, especialmente cocaína.

Colômbia e Brasil compartilham uma fronteira de 1.644 quilômetros na Amazônia, um território de difícil acesso usado por organizações narcotraficantes para o refino das substâncias e armazenamento de armas.

Em março, o Brasil e a Colômbia fecharam um acordo para fortalecer a vigilância de sua fronteira comum, através do monitoramento do espaço aéreo de seus respectivos territórios. EFE ocm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG