Brasil e China comemoram cessar-fogo em Gaza e pedem respeito à ONU

Brasília, 19 jan (EFE).- Os chanceleres do Brasil, Celso Amorim, e da China, Yang Jiechi, comemoraram hoje o anúncio de cessar-fogo na Faixa de Gaza e pediram nesse sentido respeito às resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

EFE |

Em comunicado conjunto, após uma reunião em Brasília, o ministro das Relações Exteriores brasileiro e seu colega chinês disseram que ambos os Governos acolheram positivamente o anúncio do cessar-fogo decretado pelas partes envolvidas no conflito na Faixa de Gaza.

"Brasil e China sublinham que é fundamental o pleno cumprimento de todas as resoluções do Conselho de Segurança e o respeito da situação na Palestina, em particular, neste momento, a Resolução 1860 de 2009", diz o texto em referência ao anúncio de Israel, que ontem declarou um cessar-fogo unilateral em Gaza.

Antes do encontro de chanceleres, Yang Jiechi foi recebido em audiência privada pelo presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, que lhe confirmou ao chanceler sua intenção de visitar nos próximos dias ao país asiático e que o líder chinês, Hu Jintao, faça o mesmo em território brasileiro este ano.

Em reunião de trabalho, os chanceleres avaliaram positivamente o significativo desenvolvimento da relação bilateral e ressaltaram a importância da troca de visitas de alto nível para a promoção do desenvolvimento de ambos os países na Aliança Estratégica Brasil-China e outras estâncias para fortalecer o comércio.

A discussão de um Programa de Trabalho de Longo Prazo Brasil-China, para fortalecer a cooperação em todas as instâncias, foi outra das propostas estipuladas.

O consenso em torno de temas importantes das agendas regionais e internacional, especialmente a coordenação para enfrentar a crise financeira global e as negociações na Organização Mundial do Comércio (OMC), também foram temas abordados pelos chanceleres. EFE wgm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG