Brasil e Argentina condenam ataque israelense contra prédio da ONU em Gaza

Os governos de Brasil e Argentina expressaram forte repúdio ao ataque israelense contra um prédio das Nações Unidas na Faixa de Gaza nesta quinta-feira.

AFP |

"O governo argentino deplora nos mais duros termos o recente ataque israelense contra escritórios da agência humanitária das Nações Unidas e um hospital palestino, que tirou a vida de civis inocentes", indicou o ministro das Relações Exteriores em um comunicado.

A ONU já havia suspendido algumas de suas operações em Gaza depois que um ataque aéreo israelense atingiu um comboio de ajuda humanitária de uma de suas agências.

O ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, também se somou à condenação internacional ao ataque desta quinta, afirmando que o Brasil "está com o secretário-geral da ONU (Ban Ki-moon)" no repúdio à ação militar israelense.

Durante uma entrevista coletiva, Amorim pontuou que uma "investigação detalhada" ainda é necessária.

jos/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG