Brasil demonstra preocupação por assassinato de governador colombiano

Brasília, 23 dez (EFE).- O Governo brasileiro está profundamente preocupado pelo sequestro e assassinato do governador do departamento de Caquetá, no sul da Colômbia, Luis Francisco Cuéllar.

EFE |

O Executivo de Luiz Inácio Lula da Silva manifestou suas mais sinceras condolências e "oferece sua solidariedade" aos parentes de Cuéllar, ao povo e ao Governo colombiano, segundo um comunicado divulgado hoje pelo Ministério das Relações Exteriores.

As autoridades colombianas encontraram ontem o corpo de Cuéllar, que foi sequestrado em casa enquanto dormia, na segunda-feira.

O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, atribuiu o assassinato às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que ainda não assumiu responsabilidade pela ação. EFE mp/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG