Brasil define projetos para ajudar a Guatemala a sair da pobreza

Guatemala, 13 jun (EFE).- A Agência Brasileira de Cooperação (ABC) apresentou hoje ao Governo guatemalteco os oito projetos com que apoiará o combate à pobreza na Guatemala durante os próximos quatro anos.

EFE |

Em entrevista coletiva, Luiz Henrique Pereira da Fonseca, diretor da ABC, disse na sede da Chancelaria guatemalteca que os projetos fazem parte dos acordos de cooperação que o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, acordou com seu colega da Guatemala, Álvaro Colom.

O funcionário brasileiro afirmou que os projetos, em matéria de saúde, educação, agricultura, produção de biocombustíveis e exploração petrolífera, serão desenvolvidos nas regiões rurais do país.

Na área da agricultura, técnicos brasileiros capacitarão produtores locais no cultivo de frutas sazonais.

O Brasil também transferirá a experiência do "Fome Zero", vai ajudar a criar bancos de leite humano e promoverá a alfabetização de adultos.

"Também será feito um fortalecimento na área administrativa e na formação pedagógica dos estabelecimentos educacionais, como forma de apoio à implantação do programa 'Escolas Abertas'", disse Pereira.

Um projeto para levar energia ao campo, similar ao "Luz para Todos", também será lançado na Guatemala. Além disso, técnicos brasileiros vão desenvolver projetos de exploração petrolífera em regiões do norte da Guatemala.

Pereira não disse quanto o Brasil investirá nos programa de cooperação, mas assegurou que "as semelhanças que há entre ambos os países são muitas, por isso hoje estamos fazendo um esforço conjunto, aproveitando a experiência que os brasileiros têm".

"Queremos implementar estes programas na Guatemala para que, dentro de quatro anos, possamos tirar a população da pobreza", acrescentou o funcionário brasileiro. EFE cual/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG